domingo, 7 de fevereiro de 2010

CARDEAL CEREJEIRA

Manuel Gonçalves Cerejeira (1888-1977) foi cardeal e patriarca de Lisboa. Doutorou-se em História com um trabalho notável, sobre Clenardo, e foi o primeiro cardeal a usar o avião para se deslocar a um conclave, o que elegeu o dúbio Pio XII, em 1939. Em termos de modernidade por aí se ficou
.
O cardeal Cerejeira foi também fiel aliado de Oliveira Salazar. Sob a égide de Cerejeira, a igreja tornou-se parte integrante do fascismo, ora de forma activa (veja-se o papel destinado às missões no processo de colonização), ora de forma passiva, fingindo não ver a repressão e agindo com aquele cinismo tão característico de alguns círculos do poder. Cerejeira pairou sobre o século XX português com a arte e engenho melífluos. Até depois do 25 de Abril tal presença se fez sentir. Foi uma charge à sua figura que esteve na origem do primeiro acto censório do Portugal livre, quando o Gen. Galvão de Melo mandou cortar uma emissão televisiva na qual o cardeal, e outras figuras do fascismo, eram parodiadas.
.
Passou-me ao lado a homenagem de que o Cardeal Cerejeira foi alvo, há pouco mais de dois meses. O assunto foi agora reavivado numa coluna do diário I. Há uma estátua em Almada, celebrando Cerejeira, um dos obreiros do Cristo-Rei, "farol divino, uma mensagem de amor, uma grandiosa profissão de Fé!" (cf. site do santuário). Poderia acrescentar-se que a obra é, também, uma homenagem imorredoura ao kitsch na arquitectura...
.
Pois bem, a Câmara de Almada (CDU) associou-se à homenagem, considerando a estátua um elemento de valorização do concelho. Com palavras de entusiasmo: "Este é um momento importante para a nossa terra. Portugal está mais rico e a nossa cidade também". É pena. Na terra onde há homenagens, bem mais discretas, a heróis do Povo Português como Alfredo Diniz era escusada tanta excitação. Valha-nos uma coisa: a estátua é péssima.
.

12 comentários:

Anónimo disse...

http://www.youtube.com/watch?v=Jr5Q5Volv88

Curioso disse...

E também nam gosto do Cerejeira.

Dulcineia disse...

E que raio de edificios sao aqueles à volta ? Pelo menos so se estragou uma praça...

Teresa Sindicato disse...

Esta questão da CDU ter homenageado o Cerejeira foi lançada por um vereador do PS de Almada num artigo num Jornal daquela cidade. António Matos (vereador eleito pela CDU que esteve presente na cerimónia, onde discursou) defende-se dessa acusação, com o seguinte texto, que me parece ser esclarecedor de situação tramada que, espero, não aconteça a mais nenhum vereador :

"Por uma questão de princípios

A VERDADE


A Câmara Municipal recebeu do Senhor Reitor do Santuário do Cristo Rei um ofício/convite, que a seguir se transcreve:

Assunto: Evento Musical, alusivo aos 50 anos do Santuário de Cristo Rei

Nos próximos dias 21 e 22 de Novembro, o Santuário de Cristo Rei irá desenvolver duas iniciativas que se inserem no programa dos seus 50 anos.

No dia 21 terá lugar um evento musical para o qual enviamos dois convites.

No dia 22, pelas 16h, será inaugurado, pelo Sr. Bispo de Setúbal, um monumento alusivo a todos aqueles que contribuíram para a construção do Santuário. Pelas 17h haverá a celebração da Eucaristia, seguida, seguida de moscatel de honra.

Ficamos muito honrados com a presença de V. Exª nestes dois eventos, dos quais agradecemos confirmação até ao próximo dia 19 de Novembro, para o telefone ........

A Câmara Municipal esteve presente em ambas as iniciativas, no quadro da sua participação nas celebrações nacionais dos 50 anos do Santuário, respondendo assim, ao convite recebido.

Assegurei eu próprio essa representação municipal, da forma como o faço em múltiplas outras ocasiões. Participando, como todos os fiéis e entidades convidadas, na celebração eucarística (onde não há, como se sabe, intervenções que não sejam a dos celebrantes), pelas 17 horas, a qual teve, a antecedê-la, a inauguração pelo Sr. Bispo de Setúbal de um “monumento alusivo a todos aqueles que contribuíram para a construção do Santuário”.

Convidado a usar da palavra, fi-lo, por respeito para com a vontade do Sr. Padre Sezinando, saudando o Sr. Bispo e a hierarquia da Igreja, os cidadãos presentes, evocando a Paz, a Solidariedade e a Fraternidade, como valores tão caros ao nosso tempo e à Cidade Solidária que somos.

Evoquei, naturalmente, as Comemorações do Cinquentenário do Santuário, em que tanto a Câmara Municipal de Almada como a Câmara Municipal de Lisboa e os seus Presidentes se envolveram, como foi do conhecimento público.

Evoquei a colaboração institucional entre o Santuário e a Autarquia e o esforço e trabalho do Sr. Padre Sezinando, que tem permitido encetar um caminho já visível de qualificação do espaço do Santuário e consequente aumento de atractividade.

Aduzi mais algumas referências necessárias à construção da coerência discursiva que, sublinho, repousou nos cumprimentos e saudações protocolares, no reforço dos valores de uma Sociedade mais justa, no reconhecimento do valor icónico do Santuário. Quanto ao busto, em si, abstive-me, em absoluto, de quaisquer referências directas."


continua... mas não cabe num comentário, mando o texto completo mail

Santiago Macias disse...

Meu caro JF

Percebo perfeitamente a presença de um vereador em cerimónias protocolares. Também percebo que o PS tenha tirado partido da situação.

Em circunstâncias que tais a palavra de ordem, para mim, é o distanciamento. Mas cada um sabe de si.

Abraço
SM

Santiago Macias disse...

Amiga Dulcineia

Os edifícios fazem parte do resto do complexo. São projecto dos arqs. Luiz Cunha e Domingos Ávila Gomes. Creio que o primeiro trabalhou também em projectos da Univ. Católica.

Dulcineia disse...

E ja agora amigo Santiago que, tipo de projectos sao esses da Univ. Catolica ? Praças de Touros... ?

Santiago Macias disse...

Porquê???

Dulcineia disse...

Oh, Conde ! O revestimento dos edificios mais parece o exterior de "Las Ventas" ou do "Campo Pequeno"...

PS- Ha quanto tempo nao vais ao OFTALMOLOGISTA ?

tms disse...

Absolutamente de acordo.

Anónimo disse...

... mais vale ter mau hálito que não ter hálito nenhum ... não ter hálito é não existir ... e no aspecto de pracetas e rotundas ... em Moura não lhe conhecemos o hálito ...

tss tsss

Lixo Tóxico

Movimento Sexy disse...

As desculpas do vereador são fracas, não acham?
Concordo largamente com a opinião do Santiago, só numa coisa não. Acho o busto lindo. Pensando na obra toda (no Gesamtkunstwerk), com o Cristo Rei e o raio de edifícios à volta, pode se considerar o busto "uma cerejeira em cima do bolo", não acham?