sexta-feira, 16 de Dezembro de 2011

TO WHOM IT MAY CONCERN...


In Diário Digital:
O vice-presidente do grupo parlamentar do PS Pedro Nuno Santos afirmou sábado que se estava a «marimbar para o banco alemão que emprestou dinheiro a Portugal nas condições em que emprestou», defendendo que o país deve suspender o pagamento da dívida para deixar «as pernas dos banqueiros alemães a tremer». Hoje, o parlamentar negou o sentido das suas declarações: «Nunca fiz a apologia do não pagamento da dívida».
«Nós temos uma bomba atómica que podemos usar na cara dos alemães e franceses - ou os senhores se põem finos ou nós não pagamos. As pernas dos banqueiros alemães até tremem», disse Pedro Nuno Santos sábado, num jantar de Natal socialista em Castelo de Paiva, declarações registadas pela Rádio Paivense FM, mas só agora vieram a público.

Os almoços e os jantares bem regados são, frequentemente, a ante-câmara da tragédia política. Em todo o caso, este atitude é de macho. De gajo com cabelos no peito e palito ao canto da boca. O Pedro Santos é, de certezinha (basta ver a cara dele), daqueles que emborca mines de uma só golada, assim à homem, e que não se acagaça com nada. Só uma coisinha:  se ele vos pedir dinheiro emprestado, estão por vossa conta e risco, ok? Depois não digam que não avisei...

3 comentários:

Anónimo disse...

Bem, e o jantar foi em Castelo de Paiva, onde os tintos não ultrapassam os 11, 12 graus. Imagino o Pedro a jantar aqui na nossa terra e a emborcar pomadas de 14 e 15.

babao disse...

"Con la cara de inteligente que usted tiene..."

Emilio from Rosal de la Frontera

Anónimo disse...

... ele não precisa de vir ... já cá temos o Pita Ameixa ...

LT