domingo, 6 de Maio de 2012

GABRIEL ALVES

Receio bem ter sido, há dias, um pouco ostensivo ao referir Daba Na Walna como o Gabriel Alves dos trópicos. Isto porque, como em tempos disse (v. aqui) "é verdade que [Gabriel Alves] dava imensas gaffes, fruto do profundo entusiasmo com que via e vivia o jogo. Apesar dessas gaffes (quem nunca as deu que avance) era muito mais interessante, e até involuntariamente divertido, que essa rapaziada sopa morna, e com falta de conhecimentos, que por aí pulula."

Os últimos tempos, e os comentadores chatos e pseudo-científicos que por aí andam, fazem-me, a sério, sentir saudades de ouvir coisas como:

" Juskowiak... a vantagem de ter duas pernas!"
"O Benfica está em excelente forma, a jogar num 3x4x3x3"
"O Benfica está a praticar um jogo de passe curto... (pausa).. e longo, consoante as ocasiões"
"E aqui está, Maradona, 26 anos, argentino, nascido em Buenos Aires, joga com a bola nos pés..."
etc.  


 
 Gabriel Alves, numa fotografia antiga

Sem comentários: