terça-feira, 5 de fevereiro de 2019

VOLTANDO A OZ

Ontem falou-se neste filme. Uma obra octogenária e que tem lugar fixo no meu panteão privado. Uma velha e querida amiga ofereceu-se para me costurar uma roupa, baseada neste filme, para o próximo carnaval. Aceitei, com uma reserva. De Dorothy não vou. Não é por preconceito. É que sou incapaz de andar de saltos altos...

Uma curiosidade:
Os sapatos eram vermelhos para se tirar partido do technicolor.

Um facto:
A filmagem foi caótica, com constantes substituições de realizadores. A maior parte do trabalho foi creditada ao controverso Victor Fleming (1889-1949), um funcionário da MGM tido como pró-nazi...


Sem comentários: