terça-feira, 25 de agosto de 2020

TOSCA SEXUAL

Não sou entendido em música, nem sequer melómano. Mas também sou exatamente surdo... E também não sou puritano. Mas a Tosca de ontem à noite, no esplendor do Museu Nacional de Arte Antiga, deixou-me muitas dúvidas. A encenação, em especial.

Sexo (e droga) a mais? Sem justificação? Parece-me bem que sim.

No final do primeiro ato, há uma orgia LGBH.

No início do segundo ato há umas linhas de coca, depois cenas de sexo pouco consensual entre Scarpia e Tosca. Depois, vem uma morte em pleno coito, ao jeito de "Instinto fatal".

O terceiro ato foi um pouco mais pacato, valha-nos isso.

Viva Cavaradossi / Xavier Moreno.




Sem comentários: