domingo, 13 de setembro de 2020

E VÃO 15

Já contei isto mais que uma vez, mas vale sempre a pena a repetição. Quando a revista "Arqueologia Medieval" saiu à rua, em 1992, foi-lhe augurada curta duração. Que o modelo de financiamento estava errado blablabla que aquilo não critério científico blablabla que era mais uma "astracanada" dos folclóricos de Mértola etc. Pois bem, ontem foi feita a apresentação do número 15. A revista dura há 28 anos. Não é anual? E daí? O importante é que saia, e que prossiga. Como tem acontecido.



Sem comentários: