domingo, 1 de novembro de 2015

BUHAIRA - RAZÃO DE SER DE UM NOME

O nome atual é Albufeira. A raíz está na língua árabe. A palavra que lhe deu origem é buhayra (lagoa, charco, açude ou, mais poeticamente, pequeno mar ou marzinho). O étimo é bahr = mar. A que propósito vem o arrazoado? É que, em tempos, o cerro do castelo de Albufeira estava rodeado por água. O mar não se detinha na Praia dos Pescadores, estendendo-se pela zona que hoje conhecemos como Av. 25 de abril. E pelas áreas circundantes, bem entendido. A lagoa que deu o nome à cidade deixou, há muito, de existir. No seu lugar há agora casas e ruas. Onde navegavam barquinhos estacionam hoje automóveis.

O mau tempo deste dia 1 de novembro veio, uma vez mais, explicar a razão de ser do nome do sítio. E a lógica topográfica da cidade. A inundação que aconteceu hoje irá, por isso, repetir-se no futuro.



1 comentário:

Céu Ramos disse...

Para além do que Santiago explicou, sobre o rio que deixou de existir, uns técnicos, que não sei bem se não andaram rodos na mesma faculdade do outro! quando encanaram a água que vem lá de cima e chegada à vila seguia direitinha para o mar, resolveram colocar uma curva, em vez duma larga caixa para mudar de rumo, colocaram todo o largo em granito, (transformando o largo numa frigideira no verão, aliás uma pedra "muito vulgar no Algarve" e é o que se vê. Obras de fachada dão no que dão