segunda-feira, 8 de julho de 2024

JOSÉ BAIOA (1940-2024)

Deixou-nos há dias e tive pena de não ter estado em Mértola. Lembro-me da chegada de José Baioa a Moura, no início dos anos 70. Ainda não era um futebolista veterano, mas para lá caminhava. Envergava a camisola 8. Fez parte, com Bento Feliciano (6) e com Francisco Piçarra (7), de um meio-campo talentoso e empenhado. Era muito rápido e hábil. A entrega e a generosidade daqueles jogadores era total. Ainda não havia SAD, os jogadores eram todas da região e o Maria Vitória estava sempre à cunha. Jogadores como José Baioa para isso contribuíam.

Tenho ideia de que morava na zona da Capinha Rota, mas isso pode não ser preciso. Voltei a encontrá-lo, em Mértola, anos mais tarde. Não me reconheceu, claro, mas quando me apresentaram perguntou, de imediato, "então e o amigo João [meu pai, antigo diretor do MAC], como está?". Depois disso, muitas vezes nos cruzámos, pelas ruas da vila.

Deixou-nos um homem generoso e fraterno, um democrata que se envolveu nas causas do seu Povo. Foi vereador da Câmara de Mértola eleito pela APU, já lá vão 40 anos.

Começam a ser muitas partidas, caramba...



Sem comentários: